segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Feliz 2014


Carta de uma mãe com Alzheimer para o seu filho!


 
Querido filho, escuta com atenção o que tenho para falar. O dia que esta doença se apoderar totalmente de mim e eu não for mais a mesma, tem paciência e compreenda-a. Quando eu deixar cair a comida sobre minha roupa e me esquecer de como calçar os sapatos, não percas a tua paciência.
Lembra-te das horas que passei ensinando-te as mesmas coisas.
Se ao conversar contigo repetir as mesmas palavras e tu já saberes o final da história, não me interrompas e escuta-me. Quando eras pequeno, tive de contar-te mil vezes a mesma historia para que tu dormisses ou comesses.
Quando eu fizer as minhas necessidades na roupa, não sintas vergonha nem fiques zangado, pois não posso controlar-me. Pensa nas vezes, quando eras pqueno, te limpei e te ajudei quando também não podias controlar-te.
Não arranjes desculpas quando não puderes ou não quiseres cuidar de mim.
Quando te perguntar o que estás a fazer, não gozes, nem desconverses, pois sabes que não entendo trocadilhos. Terei momentos de lucidez e outros de profunda confusão na minha mente.
É possível que nem sempre entenda as tuas palavras, mas sempre entenderei teus abraços, teus carinhos e teus beijos.
Desejo-te o melhor para tua vida com todo o meu coração, a mãe e nunca te esqueças do provérbio:
“Filho és pai serás, como o fizerdes o acharás”.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

 
A construção do nosso Presépio na Casa do Povo da Luz de Tavira é considerada uma boa prática. Este pode ser visitado de segunda a sexta das 9.00h às 17.00h.
 




Festa de Natal

Mais um ano e mais uma festa na Casa do Povo da Luz de Tavira. Nesta vez foram as crianças que vieram animar os utentes idosos e a Direção agradece.
Foi lindo de ver este pequeno grande espetáculo. Todos as crianças, educadoras e professoras estão de parabéns. O nosso bem haja.
 
 

 

domingo, 15 de dezembro de 2013

Casa do Povo tem cara nova

A Casa do Povo após alguns anos de uma longa espera, foi finalmente pintada. Uniram-se esforços e boas vontades: Junta de Freguesia na pessoa do Sr Jorge Silva e Câmara Municipal, em conjunto com a Direção da Casa do Povo foi possível o que parecia impossível, devido à falta de verbas e inúmeras dívidas herdadas da anterior Direção. A Casa do Povo, foi finalmente pintada. E vejam como ficou bonitinha.
 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Missa

 
No próximo dia 9 de Setembro, segunda-feira, às 9:30, realiza-se na Igreja de Nossa Senhora da Luz em Luz de Tavira, uma missa por alma de José Evangelista Cabeçudo. Este nosso utente e antigo dirigente comemorava o seu  aniversário neste dia.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

O Outono da Vida

O outono da vida

Pouco a pouco quase sem que pressintamos o calor do verão vai se aproximando e começamos a rever os nossos sonhos de ontem como imagens apagadas onde pouco ou raramente usávamos a razão. É quando aprendemos a caminhar com mais prudência e sensatez. Analisamos melhor, sentimos melhor, somos mais reservados, sabemos esperar a época da colheita e muitas vezes até nos preocupamos com a chegada do outono em nossas vidas. Mas inexoravelmente ele, o OUTONO chega ... e vem o acréscimo de aprendizado nos sem-fins e atalhos da nossa árvore de vida. É quando olhamos para trás e vemos o quanto mudamos! O encanto das outras estações retrata-nos fielmente que somos mestres no que aprendemos no exercício da maturidade e já não abrimos as nossas portas às fantasias... É é no outono que lutamos com muito mais garra para a concretização dos nossos sonhos porque entendemos que tudo que fizermos hoje, tem que ser consciente, isento de falsas expectativas e para todo o sempre. E tudo passa a ser eterno , mesmo que dure apenas uma gota d'água de segundos, mas vivido com tamanha força que não tememos mais a aproximação do inverno nem a destruição da nossa árvore. Nada mais excluem ou tentam abalar nossas convicções. Essa é a estação do outono nas nossas vidas. A idade da liberdade de escolha, dos acertos, das novas qualidades, das verdadeiras descobertas, sem dúvidas... mas com a certeza de conquistas verdadeiras... onde a mente não acompanha o envelhecimento do corpo, mas aperfeiçoa cada vez mais o companheirismo entre a razão e o coração.

Rosa Guerrera, in http://www.paralerepensar.com.br/rosaguerrera_ooutonodavida.htm

terça-feira, 21 de maio de 2013

Banco de Livros


segunda-feira, 13 de maio de 2013

2ª edição do Concurso Literário:“Viagem às Terras da Luz” (2013)


1º Classificado

Era mais uma noite e o Rodrigo sem conseguir dormir:
- Mamã, conta-me uma história!
- Pronto, eu conto mas só se prometeres que depois vais dormir!
- Prometo mamã!
-Então vou-te contar a história de uma menina que viajou até à aldeia da Luz de Tavira.
Era uma vez uma menina que vivia na cidade de Lisboa, onde havia muitos carros e muito barulho. Quando chegou o verão, os pais disseram que ia passar uns dias com a avó que já não via há muito tempo. A menina não gostou da ideia. O sítio onde a avó morava era chato, não havia nada para fazer, nem amigos para brincar.
-Vá lá Maria, há tanto tempo que não vês a avó e eu sei que vais gostar de lá estar; a Luz de Tavira é um lugar mágico e cheio de história.
- Mas mamã…
Depois de algumas horas de viagem, a Maria chegou a casa da avó.
-Anda Maria vem conhecer a minha terra!
A avó levou a Maria ao Mirante:
-Oh avó o que fazemos aqui?
-Antigamente este sítio era como uma pequena aldeia e ali aquela torre era onde um homem chamava os trabalhadores com uma sirene.
-Até é giro este lugar!
-Então espera até veres o resto.
No dia seguinte, a Maria acordou animada:
-Onde vamos hoje vovó?
-Hoje vamos à Torre de Aires!
-Torre de Aires? Que nome mais estranho!
Foram as duas de bicicleta.
-Aqui era onde os Vikings atracavam.
-Vikings? Aqueles dos capacetes que andavam de barcos?
-Isso mesmo! Havia uma pequena cidade aqui, mas o mar comeu-a.
-Uauuuu!
-E ali em cima, era um antigo império romano, poucas pessoas sabem, mas ele continua lá debaixo da terra.
-Um império romano? E é segredo?
-Mais ou menos, chegou a ser o maior império romano do país!
-Avó, eu tenho as pás da praia, podemos ir escavar e ser famosas!
-Ahahah, minha querida neta, talvez um dia mais tarde. Por hoje já tivemos muitas aventuras!
-Mas vó, amanhã já tenho de ir embora e nem vimos aquela igreja tão bonita.
-Tens razão, vamos até ao centro da aldeia espreitar a igreja.
A menina ficou maravilhada com a beleza da igreja.
-Sabes vó? Quem me dera que em Lisboa houvesse coisas tão bonitas como aqui.
O Rodrigo já quase que adormecia:
-Mãe, a menina tem o mesmo nome que tu!
-Pois é Rodrigo, pois é.
Goleador

quinta-feira, 9 de maio de 2013

2ª edição do Concurso Literário: Viagem às Terras da Luz (2013)

Hoje foi realizou-se na Sede da Casa do Povo da Luz de Tavira a entrega dos prémios da 2º Edição do Concurso Literário "Viagem às Terras da Luz" promovido por esta Instituição,  no âmbito da comemoração do seu79º aniversário. Nesta cerimónia para além das docentes  e alunos concorrentes, contamos com a presença dos elementos do Júri dos representantes da Autarquia (Junta de Freguesia), e o representate do patrocinador (Eng.Sílvio Fernandes).
O nosso muito obrigada pela vossa presença e colaboração.
Vencedores:
 Modalidade - Banda Desenhada

Ano
Nome
Classificação
 Afonso Manuel Martins Viegas1º Classificado
 Nuno Miguel Batista Lopes 2º Classificado
 João Pedro Costa Soares 3º Classificado
 Pedro Xavier Palmeira TeixeiraMenção Honrosa
 Modalidade - Produção de Texto:

  Ano
 Nome
  Classificação
 
  Ruben Filipe Lourenço Leonardo
  1ºlugar
 
  Luana Fernandes Guerreiro
  2º Lugar
 
  Pedro Viegas
  3º Lugar
 
  Alex Holder
  Menção Honrosa
  
 
 
 
 
 
 
 

quarta-feira, 8 de maio de 2013

2º Edição do Concurso Literário "Viagem às Terras da Luz"



A entrega dos prémios da 2º Edição do Concurso Literário "Viagem às Terras da Luz" promovido pela Casa do Povo da Luz de Tavira, realiza-se no próximo dia 9 de maio de 2013 pelas 14.00h, no âmbito da comemoração do 79º aniversário desta Instituição.
Contamos com a vossa presença.

sábado, 20 de abril de 2013

Alzheimer

Mal de Alzheimer

Doença de Alzheimer (DA) ou simplesmente Alzheimer, é uma doença degenerativa atualmente incurável mas que possui tratamento. O tratamento permite melhorar a saúde, retardar o declínio cognitivo, tratar os sintomas, controlar as alterações de comportamento e proporcionar conforto e qualidade de vida ao idoso e sua família. Foi descrita, pela primeira vez, em 1906, pelo psiquiatra alemão Alois Alzheimer, de quem herdou o nome. É a principal causa de demência em pessoas com mais de 60 anos no Brasil e em Portugal, sendo cerca de duas vezes mais comum que a demência vascular, sendo que em 15% dos casos ocorrem simultaneamente. Atinge 1% dos idosos entre 65 e 70 anos mas sua prevalência aumenta exponencialmente com os anos sendo de 6% aos 70, 30% aos 80 anos e mais de 60% depois dos 90 anos.
Prevalência
No mundo o número de portadores de Alzheimer é cerca de 25 milhões, com cerca de 1 milhão de casos no Brasil e cerca de 100 mil em Portugal.
Existe uma relação inversamente proporcional entre a prevalência de demência e a escolaridade. Nos indivíduos com oito anos ou mais de escolaridade a prevalência é de 3,5%, enquanto que nos analfabetos é de 12,2%
Sintomas
As áreas mais afetadas são as associadas a memória, aprendizagem e coordenação motora. Cada paciente de Alzheimer sofre a doença de forma única, mas existem pontos em comum, por exemplo, o sintoma primário mais comum é a perda de memória. Muitas vezes os primeiros sintomas são confundidos com problemas de idade ou de estresse. Quando a suspeita recai sobre o Mal de Alzheimer, o paciente é submetido a uma série de testes cognitivos e radiológicos. Com o avançar da doença vão aparecendo novos sintomas como confusão mental, irritabilidade e agressividade, alterações de humor, falhas na linguagem, perda de memória a longo prazo e o paciente começa a desligar-se da realidade. Antes de se tornar totalmente aparente o Mal de Alzheimer vai-se desenvolvendo por um período indeterminado de tempo e pode manter-se não diagnosticado e assintomático durante anos.
A evolução da doença está dividida em quatro fases.
Primeira fase dos sintomas
Os primeiros sintomas são muitas vezes falsamente relacionados com o envelhecimento natural ou com o estresse. Alguns testes neuropsicológicos podem revelar muitas deficiências cognitivas até oito anos antes de se poder diagnosticar o Mal de Alzheimer por inteiro. O sintoma primário mais notável é a perda de memória de curto prazo (dificuldade em lembrar factos aprendidos recentemente); o paciente perde a capacidade de dar atenção a algo, perde a flexibilidade no pensamento e o pensamento abstrato; pode começar a perder a sua memória semântica. Nessa fase pode ainda ser notada apatia, como um sintoma bastante comum. É também notada uma certa desorientação de tempo e espaço. A pessoa não sabe onde está nem em que ano está, em que mês ou que dia.
Segunda fase (demência inicial)
Com o passar dos anos, conforme os neurônios morrem e a quantidade de neurotransmissores diminuem, aumenta a dificuldade em reconhecer e identificar objetos (agnosia) e na execução de movimentos (apraxia).
A memória do paciente não é afetada toda da mesma maneira. As memórias mais antigas, a memória semântica e a memória implícita (memória de como fazer as coisas) não são tão afetadas como a memória a curto prazo. Os problemas de linguagem implicam normalmente a diminuição do vocabulário e a maior dificuldade na fala, que levam a um empobrecimento geral da linguagem. Nessa fase, o paciente ainda consegue comunicar ideias básicas. O paciente pode parecer desleixado ao efetuar certas tarefas motoras simples (escrever, vestir-se, etc.), devido a dificuldades de coordenação.
Terceira fase
A degeneração progressiva dificulta a independência. A dificuldade na fala torna-se evidente devido à impossibilidade de se lembrar de vocabulário.
Progressivamente, o paciente vai perdendo a capacidade de ler e de escrever e deixa de conseguir fazer as mais simples tarefas diárias. Durante essa fase, os problemas de memória pioram e o paciente pode deixar de reconhecer os seus parentes e conhecidos. A memória de longo prazo vai-se perdendo e alterações de comportamento vão-se agravando. As manifestações mais comuns são a apatia, irritabilidade e instabilidade emocional, chegando ao choro, ataques inesperados de agressividade ou resistência à caridade. Aproximadamente 30% dos pacientes desenvolvem ilusões e outros sintomas relacionados. Incontinência urinária pode aparecer.
Quarta fase (terminal)
Durante a última fase do Mal de Alzheimer, o paciente está completamente dependente das pessoas que tomam conta dele. A linguagem está agora reduzida a simples frases ou até a palavras isoladas, acabando, eventualmente, em perda da fala. Apesar da perda da linguagem verbal, os pacientes podem compreender e responder com sinais emocionais. No entanto, a agressividade ainda pode estar presente, e a apatia extrema e o cansaço são resultados bastante comuns. Os pacientes vão acabar por não conseguir desempenhar as tarefas mais simples sem ajuda. A sua massa muscular e a sua mobilidade degeneram-se a tal ponto que o paciente tem de ficar deitado numa cama; perdem a capacidade de comer sozinho. Por fim, vem a morte, que normalmente não é causada pelo Mal de Alzheimer, mas por outro fator externo (pneumonia, por exemplo).

Ver mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mal_de_Alzheimer

Diário da Nossa Paixão

 
Nicholas Sparks, o jovem autor deste inesperado bestseller, nunca esqueceu o ensinamento que a relação amorosa dos pais da sua mulher, casados há mais de 62 anos, lhe transmitiu - a possibilidade de viver em estado de paixão mesmo depois de vários anos de convívio. Foi por isso que decidiu escrever este comovente romance de amor que acompanha o enamoramento entre um homem e uma mulher, que só no final das suas vidas concretizam uma paixão arrebatadora.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

domingo, 7 de abril de 2013

7 de Abril, Dia Mundial da Alimentação


A saúde e segurança no trabalho desempenha um papel crucial na garantia de uma vida profissional mais saudável e longa e contribui para o envelhecimento ativo. A EU-OSHA, tal como tem vindo a fazer, irá ao longo do ano publicar materiais informativos sobre a promoção do envelhecimento ativo no trabalho e passar a mensagem em eventos e conferências.
A EU-OSHA foca também a sua ação na promoção da saúde no local de trabalho para incentivar a melhoria da saúde e do bem-estar no trabalho e, desse modo, a redução dos custos ligados às faltas por doença da mão-de-obra europeia, incluindo os trabalhadores idosos.
A promoção da saúde no local de trabalho conduz à redução do absentismo, ao reforço da motivação e ao aumento da produtividade.

Ver mais em: https://osha.europa.eu/pt/teaser/world-health-day-7-april

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Trabalhadores idosos


À medida que vai diminuindo o número de jovens a entrar no mercado de trabalho nos próximos anos, verificar-se-á um aumento significativo na percentagem de pessoas mais velhas na força de trabalho. Os empregadores terão cada vez mais de contar com os trabalhadores idosos, o que pode constituir uma vantagem.
Alguns estudos mostram que os trabalhadores idosos são mais dedicados ao local de trabalho, têm menos ausências por doença e permanecem no emprego mais tempo. As aptidões, a experiência e a maturidade dos trabalhadores idosos compensam, de uma forma geral, eventuais problemas como o aumento das doenças ligadas à idade.
 

sexta-feira, 29 de março de 2013

Páscoa Feliz


quinta-feira, 28 de março de 2013

Doença de Alzheimer atinge 10% dos idosos

Existem poucas doenças tão devastadoras quanto o Mal de Alzheimer, caracterizada pela perda progressiva de memória que se agrava à medida que a pessoa envelhece. Ainda sem cura, o Alzheimer atinge 10% da população acima dos 65 anos e 50% dos idosos com mais de 85.
É preciso procurar um médico ao primeiro sinal de falta de memória. Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, a perda de memória e os esquecimentos constantes não são consequência natural da idade. Geralmente, sinalizam algum problema no organismo e, em alguns casos, podem ser resolvidos com a troca de medicamentos e mudanças de hábitos
Entre os sintomas característicos da doença estão a perda de memória causada pela morte dos neurónios, confusão e desorientação, agitação excessiva, ansiedade, alterações de personalidade, perda do senso crítico, desconfiança, dificuldades de fala e comunicação, inapetência e distúrbios de sono. A velocidade com que a doença progride varia de pessoa a pessoa, mas há medicamentos que conseguem retardar o avanço dos sintomas.
Ainda não se sabe a causa da doença e, por isso, não existe como preveni-la. Há 20 anos, o Alzheimer não tinha nenhuma solução. Hoje, há quatro tipos de medicamentos que retardam a evolução da doença. Além disso, médico, paciente e familiares podem trabalhar juntos para melhorar a qualidade da vida do doente de Alzheimer.
Os geriatricos aconselham que a família preste atenção redobrada ao comportamento do idoso em caso de suspeita de Alzheimer.
É muito raro a própria pessoa acreditar que está com Alzheimer. Quem vai perceber isso é a família. Por isso, é importante estar atento às mudanças de comportamento dos mais velhos e encaminhá-los ao especialista quando achar necessário - completa.
Não há um exame específico que identifique se a pessoa é portadora do Alzheimer. O que vai definir a existência da doença é uma série de testes no consultório médico, assim como a conversa entre o especialista e o paciente.
Para retardar a progressão da doença, médicos sugerem medicamentos específicos, mudanças na estrutura de cuidados com o idoso, reabilitação e controle comportamental para deixar o doente mais tranquilo.
 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Viagem às Terras da Luz

Regulamento da 2ª Edição do Concurso Literário "Viagem às Terras da Luz" promovido pela Casa do Povo da Luz de Tavira:

  1. Objetivos:
 
- O Concurso Literário, "Viagem às terras da Luz…” é uma iniciativa da Casa do Povo da Luz de Tavira e destina-se promover a escrita criativa.
 
  1. Modalidades: 
-  São admitidos a concurso trabalhos nas modalidades de prosa e banda desenhada que incidam sobre o tema: "Viagem às terras da Luz …”
  1.  Concorrentes:
- Podem concorrer alunos do 1º Ciclo que frequentem a escola da Luz de Tavira ou que frequentem o 1º e 2º Ciclo em escolas dos arredores e residam na Freguesia da Luz.
 
  1. Escalões:
- Os trabalhos serão apresentados por escalões e modalidades:

·         Prosa:
           a) 1º escalão – 3º/4º ano
           b) 2º escalão – 5º/6º ano
 
·         Banda desenhada:
 
                  a) 1ºescalão – 3º/4º an
                  b) 2ºescalão – 5º/6º ano

       5. Apresentação dos trabalhos:

- Os trabalhos a concurso devem ser entregues na Casa do Povo da Luz de Tavira até ao dia 15 Abril de 2013, em envelopes previamente cedidos para o efeito.

  1. Características dos trabalhos:
- Os trabalhos devem ser inéditos, individuais e assinados com um pseudónimo, dentro de um envelope fechado e acompanhado de uma ficha de inscrição em outro envelope. O corpo do texto não deve fazer referência ao seu autor.
- Os erros ortográficos pesarão na decisão do júri, em caso de empate entre dois ou mais concorrentes.

a) Prosa:
- Os trabalhos devem ser apresentados em formato A4 com um máximo de 2 páginas;
- Os trabalhos devem ser apresentados escritos a computador com letra Arial 12, espaço 1,5.

 b) Banda Desenhada:
Os trabalhos devem ser apresentados em folha tamanho A3, com o máximo de 2 páginas (2 pranchas);
- Os trabalhos devem ser desenhados e escritos à mão contendo legendas ou balões com letra legível.

  1. Júri:
a)       Dos Júris farão parte 3 a 5 elementos, sendo que pelo menos um, será docente a residir na Freguesia;
b)       Caso o júri não considere os trabalhos com valor, pode decidir não atribuir prémio a uma das categorias ou modalidade;
c)        Não haverá recurso da decisão do Júri.

 
  1. Prémios:
a) Serão atribuídos prémios, aos três melhores trabalhos de cada um dos escalões a concurso e um diploma de participação a todos os concorrentes.
b) Caso se justifique, o júri poderá atribuir ainda Menções Honrosas.
d)  Os resultados do concurso serão afixados no dia 6 de maio na Casa do Povo de Luz de Tavira.
 d) A entrega dos prémios terá lugar no dia 09 de maio de 2013, em cerimónia pública, pelas 14:30h, na Casa do Povo de Luz de Tavira.

  1. Os casos omissos neste regulamento serão solucionados pelo júri.
    10. A Casa do Povo da Luz de Tavira fica detentora de todos os trabalhos, reservando para si todos os direitos de publicação dos mesmos.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

"Viagem às Terras da Luz"

2ª Edição do Concurso Literário
 
Após a 1ª Edição do Concurso subordinado ao tema, "Contos do Campo e da Ria", lançamos agora a 2ª edição com o tema "Viagem às Terras da Luz", que esperamos venha a ter uma adesão igual ou superior à primeira.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

WORKSHOP-Costura e Artes Manuais


“INICIAÇÃO ÀS ARTES MANUAIS”

 
Vem aprender a costurar e a fazer render o tempo, fazendo diversas utilidades:

Remodelação de vestuário fora de moda ou acessórios e artigos de decoração.
Formadora Certificada
Datas: 1º sessão no dia 19 de janeiro pelas 15,00h
Número de participantes: 10 formandos/as
Inscrições: até 16 de Janeiro
Preço: - Grátis sócios/as - 15 euros não sócios
Local: Casa do Povo da Luz de Tavira
Mais informações: no local, ou através do e-mail: cidm@hotmail.com